sábado, 27 de julho de 2013

MAIORES DESAFIOS DOS PREGADORES PENTECOSTAIS DA ATUALIDADE


Por Emmanuel Martins

O pentecostalismo é o fenômeno cristão que mais tem avançado neste século. Como bom pentecostal que sou, tenho total autoridade para dizer que infelizmente junto com ele bizarrices e desvios doutrinários que tem prejudicado e muito o desenvolvimento de uma espiritualidade sadia e centrada nas escrituras, tem crescido e sufocado o verdadeiro mover do Espírito (1Ts 5. 19) inerente a nossa fé e presente em nossa história.
Um pentecostes estranho, sem vida, sem fogo, sem resultado e sem edificação. Um pentecostes sem o holofote do Espírito focando em Jesus. Ou enfim com bem disse o historiador do Avivamento da Rua Azusa, "um pentecostes sem Cristo". Temos tudo manifestações emocionais, "prosperidade", grandes igrejas e convenções. Mas pelo visto nos falta Cristo.

Portanto diante do exposto fica um desafio para todos quanto se dizem "Pregadores Pentecostais" e aos que realmente o são. Garimparmos nosso tesouro e herança espiritual que foi soterrado por uma avalanche de modismos e heresias com aparência de avivamento e espiritualidade.

Deixemos a teologia da prosperidade, as mensagens triunfalistas, o modelo de pregação sensacionalista dos que se apresentam nos Gideões (pregadores gideonitas, como eu já intitulei).

Que venhamos nos contentar em pregar a palavra de Deus e no convite ao Altar, nos contentemos em orar e deixar o Espirito agir, sem ações sugestivas e emocionais.


Chega de tantos apelos, de tantas palhaçadas com pretextos de “mistério” e de “poder de Deus”, sejamos simples em nossas exposições, fiquemos Cristo e seu sacrifico, voltemos a falar em santidade, em cruz, compaixão e amor. Precisamos de retornar ao legado que nos foi confiado por nossos pioneiros. 

Fazendo assim, estaremos centrando em Jesus, do mesmo modo que os nossos Pais, e teremos resultados até melhores do que os que eles tiveram, pois se diante de todas as limitações intelectuais presentes na época eles impactaram o mundo, imagina nós munidos de todo o esclarecimento bíblico que temos e recursos mil, se munidos de cristocêntricidade ninguém poderá nos deter, por maior que seja o levante do Adversário, e seremos respeitados por todos do mundo cristão. Pois, convenhamos, o Pentecostalismo tem sido visto como um movimento de banalidades e superficialidade. temos que mudar esta historia.

Que Deus em Cristo, através do Seu Espirito nos ajude e restaure nossa visão.